Miss São Paulo

Jéssica Voltolini Vilela, representante da cidade de Ribeirão Preto, foi coroada Miss São Paulo 2015 neste sábado (dia 16) no Palácio de Convenções do Anhembi em um evento transmitido pela Band.
tip7
Ela desbancou outras 29 candidatas à coroa de mulher mais bonita do estado e agora vai representar os paulistas no Miss Brasil 2015.

Eu tava torcendo para a miss de Piracicaba ( 😥 ) e vcs?

Ass

Os significados das tattoos de Cara Delevingne

tatuagens-da-cara-delevingne

O post hoje pode te inspirar a fazer a sua ou até mesmo tirar a curiosidade sobre como são as tattoos das famosas! Que tal dar uma olhada nas tatuagens de Cara Delevingne, protagonista do novo filme baseado no romance de John Green, o Cidades de Papel? A modelo e atriz de apenas vinte e dois anos de idade já estampou diversas revistas de moda e já foi o principal rosto de várias marcas famosas. Por isso ela coleciona um monte de tatuagens diferentes com diversos significados, começando por esse leão no dedo indicador que já aparece na foto que ilustra esse post!

tatuagens-da-cara-delevingne-2

CJD: Tatuado em sua mão direita, Cara tem as letras “CJD” em letra cursiva. O significado? São suas iniciais, de Cara Jocelyn Delevigne. Além de tê-las nela mesma, ela ainda tatuou as mesmas iniciais dentro de um coração na perna de seu tatuador. MADE IN ENGLAND:  Em julho de 2013 ela tatuou a frase para simbolizar o lugar onde nasceu e que ama muito. Dá para ver que ela adora firmar sua própria identidade em si mesma, né? E que tal o lugar, na parte inferior do pé? Pois é, e ela não tem somente uma tattoo nesse local! No outro pé ainda tem a palavra Bacon. Dá para acreditar?  PANDORA: No interior de seu bíceps ela ainda tem o nome de sua mãe, Pandora Delevingne, ex chefe de compras da Selfridges e considerada uma it girl nos anos 80.

tatuagens-da-cara-delevingne-3

XII: O 12 em numerais romanos foi a quinta tatuagem dela e representa o seu número da sorte. Olha só que legal: Essa tattoo foi feita por um tatuador brasileiro! DIAMANTE E ESTRELAS: Primeiro ela tatuou uma constelação por volta de sua orelha. Em conjunto, elas representam a constelação do cruzeiro do sul e simbolizam o nosso país. Isso mesmo, foi em homenagem ao Brasil! Algum tempo depois ela ainda tatuou um diamante, sem dar depoimentos a respeito do significado. Muita gente acredita que foi feita em homenagem a Rihanna e sua turnê Diamonds World Tour em que ela esteve presente.  SILENCE: No pulso ela tem a palavra silence, vinda da frase “O silêncio fala quando as palavras não podem”. Verdadeiro e bonito, né?

tatuagens-da-cara-delevingne-4

DD: Junto com sua amiga Jourdan Dunn, também modelo britânica, em 2014 Cara fez as letras “DD” na cintura. Acredita-se que seja porque as duas possuem sobrenomes iniciados pela mesma letra.  BREATHE DEEP: Em seu bíceps direito ela tem a frase “Respire fundo”, feita em tinta branca. O efeito desse tipo de tatuagem é bem diferente e vem conquistando cada vez mais adeptos no mundo das tattoos. Vale lembrar que se você quiser uma desse jeito algum dia, é importante buscar um tatuador que tenha experiência com esse estilo, tá? POMBA E CORAÇÃO: Ainda seguindo a mesma linha de tatuagens em branco, ela fez uma pombinha no dedo indicador, sem significado conhecido. Mas sabemos que a pomba simboliza paz, pureza e simplicidade, então pode ser que seja por alguns desses motivos. Ela também tem um coração vermelho muito fofo no dedo mindinho!

tatuagens-da-cara-delevingne-5

YANTRA: Em suas costas Cara tem uma tatuagem Yantra, também chamada de Yant Sak, uma forma de tattoo praticada em países do Sudeste Asiático. Ela simboliza proteção e boa sorte. DON’T WORRY, BE HAPPY: Embaixo do busto ela também tem a frase “Não se preocupe, seja feliz” inspirada da música de Bob Marley. Ainda no mesmo local, mas um pouco mais para a direita ela ainda tem um simbolo do brasão da sua família. AC:  Por ultimo, ela ainda tem as letras AC no dedo mindinho, mas o significado é desconhecido. Rumores dizem que é para Annie Clark, cantora e compositora americana!

Muitas tatuagens diferentes, né? Gostou de alguma delas? Achou alguma maluquinha além da conta? Conta pra gente nos comentários!

 Ass

Verde

20100420FM01034

Um pequeno poeminha (feito por mim) sobre verde:

Quem planta a planta

planta cor

planta verde

planta amor

Quem cuida é a prefeitura,

mas não se engane não,

também podemos ajudar!

Não jogue lixo no chão!

O verde é legal

um piquenique que delícia!

Que tal aproveitar a

sombra das árvores frutíferas?

Continue plantando

plante o poema e a rima

plante uma flor todo dia

para alegrar a sua vida!!

Ass

Uma porta escrito “bonita” e outra, “comum”.

A Dove já é bem famosa por seu vídeos emocionantes de incentivo à autoestima. E, em seu novo filme, a história não é diferente. A marca escolheu shoppings de várias cidades (São Francisco, Xangai, Deli, Londres e São Paulo) e, nas portas de entrada, colocou duas placas: “bonita” e “comum”. A ideia era que as mulheres decidissem por qual delas passar – para mostrar que a beleza é, sim, uma escolha. 

O fato é que grande parte delas optou pela porta “comum”. Uma mãe chegou a empurrar a filha para a entrada “bonita”. Depois, a Dove foi entrevistar estas mulheres e os relatos são incríveis. O vídeo faz parte da campanha Escolha Bonita (ou Choose Beautiful, em inglês). Assista:

Legal, né? Como a marca mesmo diz, a escolha está nas nossas mãos. Qual é a sua?

Nail art: Dark flower

Eeee feliz dia da mulher atrasado, porque fiquei sem internet ontem o dia inteiro. Mas, vamos ao post. As flores em fundo escuro surgiram nas passarelas com a Givenchy, viraram tendência no look das ruas e agora contagiam as nossa unhas.

9uy7

1. Para começar, passe uma camada de preto. Também vale alguma outra cor, desde que seja escura. Afinal essa é a maior característica desse estilo.

2. Espere secar e comece o desenho fazendo bolinhas bem próximas. O ideal é usar um boleador, mas o palito de madeira também serve.

3. Para as flores, faça cinco pontinhos próximos e preencha o espaço com branco. Com o mesmo palito faça algumas bolinhas avulsas nas unhas.

4. Por fim, use um esmalte amarelo para fazer o miolinho. Depois que tudo estiver seco, finalize com um extrabrilho para que dure mais.

Gostaram?

Ass

Quatro tendências pra você se inspirar

selfie-cea

Sempre que vejo alguma tendência bombando lá fora fico de olho nos looks das blogueiras gringas e nas combinações que mais tem a ver comigo. Geralmente as marcas nacionais logo lançam suas peças e coleções aqui no Brasil, então fica bem mais fácil de comprar quando já tenho uma noção de como combiná-las com o que tenho em casa.

Hoje vamos falar um pouquinho sobre quatro tendências que vocês provavelmente vão ver muito por aí nos próximos meses: étnico preto e branco, total jeans, floral com fundo escuro e militar.

quadro-tendencias

Você também pode escolher sua tendência preferida. No meu caso, como adoro peças mais delicadas e femininas, normalmente vou direto na estampa floral. Se você é mais básica e casual pode optar pelo jeans ou militarismo.

Se a ideia for montar um look com a energia do verão brasileiro vale a pena experimentar peças com estampa étnica. O legal é que nesse caso as cores são mais discretas, preto e branco, então não rola aquele medinho de investir em algo diferente logo de cara. Quer ver?

tendencia-militar

Todas essas cores, texturas e estampas lindas são a aposta da C&A para a campanha Outono-Inverno 2015, a #SelfieC&A. Eles chamaram Thaila Ayala e Aline Weber pra divulgar as peças da coleção (que já estão disponíveis aqui) em suas selfies diárias. Confesso que fiquei com vontade de ser amiga deles assistindo o vídeo da campanha!

E aí? Qual é sua favorita?

Ass

Não consigo mais ler livros.

download (2)

Não consigo mais ler livros. Não que eu não queira. Simplesmente não consigo. Sou um leitor, desde que me entendo por gente. Sempre li muito. E continuo lendo.

Mas de uns anos para cá, me alimentar compulsivamente de internet tem causado um efeito colateral que ainda não consigo explicar muito bem. Só sei que agora, toda vez que pego um livro nas mãos, não consigo ler, canso rápido. Se o texto não “embala” logo, preciso de muito esforço para continuar com a leitura.

E não é só com o livro de papel. A mesma coisa acontece com o livro digital. Não tem nada a ver com o tipo de apoio. Tem a ver com a extensão do texto. Essa situção tem me deixado triste. Será que desaprendi a ler? Será que fiquei preguiçoso? Será que agora só consigo ler coisas curtinhas e, de preferência, com uns links?

Acho que não.

Na verdade, nunca li tanto como agora. Passo o dia inteiro lendo. Mas leio cacos, fragmentos. Sim, o efeito é conhecido e foi previsto anos atrás.

Sai o disco, entra a música.
Sai o filme, entra a série.
Sai a série, entra o curta do Youtube.
Sai a mesa de bar, entra o Facebook.
Sai o livro, entra o post, o artigo.

Tudo o que era consumido em pacote-família, em tabletão, agora é consumido em formato M&M’s.

A gente já sabia que isso acontecer, faz tempo. Mas o que eu ainda não tinha sentido na pele é que esse fenômeno do snack culture iria me TIRAR algo e me IMPEDIR de ler textos longos. Porque uma coisa é você perceber que existe uma nova maneira de ler (circular e não linear) e passar a usá-la. Outra coisa é você perder sua capacidade de concentração. Eu queria adicionar o jeito novo, mas não queria perder o jeito velho.

A internet causou em mim (e talvez em você) um déficit de atenção, um transtorno que consta da classificação internacional de doenças e que requer acompanhamento médico (não que eu tenha procurado um, pelo menos não por enquanto). Já tentei de tudo, busquei aquelas ficções bacanas, cheias de escapismo, com viagens para lugares distantes, coisas que eu devorava durante a adolescência…mas 10 minutos depois o que escapa é minha atenção mesmo.

Fico voltando para o começo do parágrafo, sabe? Nem a biografia do Steve Jobs eu consegui terminar. Fico repetindo para o autor “vai, já entendi, conta logo, pára de enrolar”.

Esse é outro sintoma: fiquei mais factual e perco fácil a paciência com aquela fase de contextualização e envolvimento com os personagens.

Sei que isso tudo soa como algo ruim, mas nem isso eu tenho certeza.

A civilização humana já passou por isso muito antes da internet, por exemplo quando passamos da comunicação exclusivamente oral e acrescentamos a escrita. Colocar conteúdo por escrito livrou nossa memória e permitiu textos bem mais longos e precisos. Agora estamos de volta aos conteúdos curtos, mas ainda mais precisos. E, se um dia desenvolvermos a telepatia, certamente as palavras vão nos parecer ineficientes demais. Formas diferentes de trocar conteúdos, histórias.

Enfim, um post pouco conclusivo, mais desabafo mesmo, para ver se tem mais gente nesse barco.

Ass